×

Siga-nos e saiba de tudo antes de todo mundo!

63

Google +

1426

Seguir

299

YouTube

581

SIGA-NOS

Moto Z ficha técnica e review

moto z

Os rumores foram confirmados, realmente os novos carros-chefes da Lenovo são chamados de Z, a nova linha de smartphones 2016 foi apresentada no evento Lenovo Tech World nesta quinta feira dia 9, a família Z, trás dois smartphones o Moto Z e o Moto Z Force. A modularização dos smartphones é feita de uma forma diferente do LG G5, a Lenovo apostou em capas que agregam novas funcionalidades aos smartphones, fique comigo e conheça as principais funcionalidades do Moto Z.

Ficha técnica Moto Z

  • CPU: quad-core de 2.2 GHz;
  • Memória RAM: 4 GB;
  • Armazenamento interno: 64 GB;
  • Cartão de memória: até 200 GB;

Ficha técnica completa

Desempenho

O novo Moto Z vem equipado com o processador Qualcomm Snapdragon 820 esse chip trás uma velocidade de 2.2 GHz, além de trazer quatro núcleos funcionando simultaneamente, não sei dizer por que a Lenovo não acompanhou o ciclo de lançamentos de smartphones octa-core ou dual quad-core, na minha humilde opinião, talvez essa tecnologia não seja tão impactante no desempenho do smartphone como esperado.

O chip da Qualcomm Snapdragon 820 também trás a GPU modelo Adreno 530, para quem não entende do assunto a GPU (Graphics Processing Unit) é especificamente responsável de tratar de todo desempenho gráfico do smartphone, os modelos anteriores traziam GPUs modelos Adreno 405 (Moto X Play) e Areno 418 (Moto X Style) essa mudança com certeza deve influenciar consideravelmente no desempenho de vídeo do smartphone.

Além disso o Moto Z dispõe de muita memória RAM, 4 GB para ser mais exato 1 GB a mais se comparado com seu smartphone top de linha (Moto X Style) anterior. Caso memória interna seja um critério indispensável para você creio que 64 GB possam satisfazer suas, caso eu esteja engando com certeza um cartão de até 2 TB é mais do que suficiente para guardar todas as suas fotos, músicas e vídeos.

Design

O Moto Z mudou da água para o vinho se comparado com seus antecessores, a mudança mais crítica está na sua câmera que agora ocupa um espaço bem maior e trás um design diferente das suas versões anteriores da Motorola. O novo Moto Z tem uma tela com 5.5 polegadas com tela Amoled com resolução Quad-HD (resolução 2560x1440 pixels) e 535 ppi de densidade de pixels e agora com sensor de impressão digital, tudo isso bem distribuído em 153.3 mm de altura, 75.3 mm de largura, 5.19 espessura e com uma peso de 136 gramas.

Câmera

O Moto Z trás 13 MP para sua câmera principal e 5 MP para sua câmera frontal, seu irmão Moto Z Forte é consideravelmente melhor, mas com a modularização do smartphone isso pode mudar, o smartphone ainda é muito novo quem sabe no futuro a Lenovo lance módulos de aprimoramento da câmera, sinceramente tudo é possível principalmente agora com o engatinhamento da tecnologia modular, que a cada dia se mostra mais presente na implementação dos smartphones.

Módulos

A modularização da Lenovo é diferente do método usado no LG 5, no carro-chefe da LG é preciso desligar o smartphone antes de fazer a troca dos módulos, no Moto Z isso não é necessário, a Lenovo se utilizou de uma espece de capa (conhecidos como Moto Snaps) para incrementar novas funcionalidades ao seu smartphone, por incrível que pareça o encaixe é fixado por imãs (provavelmente neodímio), e segundo a fabricante o encaixe é tão perfeito que até parece que não há nada encaixado no smartphone.

Existem um grande esforço em relação a criação do novos módulos para a linha Z, tanto que a Lenovo está fazendo parcerias com outras marcas. O Moto Z atualmente já dispõe de alguns módulos entre eles estão o Insta-Share Projector, um projetor capaz de imagens com tamanho de até 70 poledadas, o JBL SoundBoost, um módulo de som capaz de melhorar e muito sua experiencia sonora do seu smartphonne e também o Power Packs, uma bateria reserva que deixa seu smartphone por até 22 horas longe da tomada.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.